Buscar

TANGO PIAZZOLLA, BUENOS AIRES: AVALIAÇÃO DO SHOW, JANTAR E PREÇOS. VALE A PENA?

Escrito por Thaís Towersey 21/08/2019


TANGO PIAZZOLLA – HISTÓRIA

Como praticamente toda a casa de tango em Buenos Aires, o tango Piazzolla foi inspirado em um compositor argentino, Astor Piazzolla, nascido no Mar del Plata. Ele foi considerado um dos caras mais importantes do século XX por ter uma pegada de tango contemporâneo, com uma pitada de jazz, bem diferente do que era feito naquela época.

Não sei se é por conta da inspiração no Astor e essa pegada diferente, mas hoje o tango Piazzolla é pra mim um dos melhores que já assisti. Só fica atrás do Esquina Carlos Gardel (que está temporariamente fechado) e que era um dos amigos mais próximos de Astor. Acho que não deve ser concidência, né?




O SHOW DE TANGO PIAZZOLLA

O show é de alto nível e dura aproximadamente 1:30h. A banda toca ao vivo e fica lá no fundo no palco, o que faz uma composição bem legal durante as danças. Ela é composta por 6 integrantes, incluindo 2 bandoneones, que é quem toca aquela sanfona típica, sabe?

Você vai assistir a números de dança com vários casais e alguns fazem performances individuais, que são as melhores. Os figurinos são bem trabalhados e de qualidade, o que parece besteira, mas faz diferença. É meio decepcionante quando você vê de longe que a roupa é mal acabada, sabe? E não se engane, é mais comum do que você imagina nos shows de tango em Buenos Aires.


O JANTAR

A comida do Piazolla foi uma das melhores dos jantares de tango em BA que fui. Tudo o que provamos estava muito bem feito e o cardápio oferece bastante opções, inclusive vegetarianas! A apresentação dos pratos estava à altura de restaurantes renomados e essa sobremesa de chocolate levantou meu humor! hahaha Realmente é um jantar que vale a pena!

1 visualização

photos credit by freepik - www.freepik.com

  • Facebook
  • Instagram
  • LinkedIn - círculo cinza

© 2019 SENIOR TRAVEL | Todos os direitos reservados